09/02/2010 Os acusados de desviar recursos destinados a construção de casas em Vila Bela da Santíssima Trindade, Mato Grosso, vão responder a ação judicial

Dois servidores do Incra e um empresário de construção civil estão sendo acusados pelo Ministério Público Federal, MPF, de desviar mais da metade da verba para construção de casas no assentamento rural Ritinha.

O projeto previa a construção de 133 casas, num investimento total de 332 mil e 500 reais. Mas apenas 78 casas receberam cobertura, 9 ficaram sem alicerce, 13 somente com as paredes e 33 nem chegaram a ser construídas.

As irregularidades foram constatadas pelo MPF em 2003. O valor atualizado do desvio ultrapassa 267 mil reais. Na época, 78 famílias habitavam as novas casas.

A procuradora do MPF, Vanessa Ribeiro, explica que houve desvio também na compra de material.

Sonora: Foram casas construídas, por exemplo, sem nenhum elemento estrutural, sem critério técnico na hora de se levantar uma parede, algumas sem fundações e de qualidade duvidosa. Um outro ponto também que não foi observado foi justamente o local onde foram construídas as casas, que sem qualquer tipo de fundação, construíram residências em áreas alagadiças, o que coloca em risco a vida de todas essas pessoas que nelas residem.

Além de responder à ação movida pelo MPF por improbidade administrativa, que determina a devolução do dinheiro em valores atualizados, a procuradora Vanessa Ribeiro declara que os servidores do Incra podem responder a processo administrativo disciplinar. A polícia também instaurou inquérito policial contra os funcionários do instituto e o empresário.

Anúncios
Esse post foi publicado em Rádio Nacional da Amazônia. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s